quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Extremistas

-->
Como me irritam os extremistas!
Passeando pelo facebook me deparo com milhares deles. Anti petistas, anti-lulistas, anti psdbistas, fanaticos por futebol, fanáticos por televisao e por ai vao.
Ja repararam que existem pessoas que só falam de um assunto? E com uma veemência que chega quase a ser insuportável.
Tem uma que só sabe falar mal do PT, Lula, Dilma e cia... E eu me pergunto qual é o problema dela? Porque desde que eu nasci, e antes, a robalheira na política brasileira existe. E realmente não acredito que isso é partidario, políticos, excetuando algumas rarissimas excessoes, são todos de um mesmo partido o PURM Partido Unidos Roubaremos Mais.
Nao que eu ache o máximo o governo que estao fazendo mas qual a diferença para aqueles outros que estiveram no poder anos e anos? Lutar contra a corrupçao sim, mas a corrupçao não esta só no Pt, ou no Lula e cia, a corrupçao está na nossa sociedade inteira.
Outros que só falam de futebol. Quando há classico então. Meu Deus!!! Insuportável! E é um tal de ficar implicando com os outros times. Nao vejo problema algum em torcer pra um ou outro time de futebol, se isso te alegra e da momentos de adrelina e emoçao, mas viver só pensando nisso? E só saber comentar isso? Nao, por favor. A vida é tao maior e cheia de adrelina e emoçoes.
Ai tem também aqueles que só falam de Televisao. BBB, novela das 9, etc. Esses não me irritam tanto porque nem sei do que eles estao falando, mas me pergunto quao vazia será a vida dessa pessoa pra prestar tanta atençao a tamanha futilidade.
Eu gosto mesmo é de pessoas plurais. Que tem cada dia um senso de humor. Que cada dia fala de algo diferente. Seja bom ou ruim, esteja eu de acordo ou não.
Eu gosto de pessoas que adoram filmes “alternativos, cults”; cinema independente. Aqueles filmes que te passam sempre uma mensagem subliminar a respeito da vida, mas que não se negam a algumas vezes deleitar-se com um filminho Blockbuster, ou morrer de rir com uma comedia romantica daquelas que tem aos montes, sem pé nem cabeça. Pessoas que gostam de um estilo de música mas que não abominam a ideia de ir a uma micareta só pra estar com seus amigos e se divertir com eles.
Pessoas que não se acham os donos da verdade. Que, sim, tem a sua verdade, mas conseguem escutar e ver além delas.
Pessoas extremistas geralmente falam demais sem ter nada a dizer como dizia a cançao. Nada é tao preto no branco

Nenhum comentário:

Postar um comentário