domingo, 17 de janeiro de 2010

Meu pai, meu pedaço de mim

É olhando pra você que eu me acalmo, 
escutando suas palavras me guio. 
Sentindo te perto me fortaleço. 
Meus olhos sempre choram ao pensar
e as vezes me arrependo dessa vida que escolhi,
peregrina, longe de ti.
Mas sempre serei toda você. 
Cabeça, mente, coraçao. 
E nao ha distancia, 
nem oceanos, nem desertos, nem pessoas... 
nem a morte que separe meu ser do teu. 
Sou parte de ti e meu espirito é teu. 
Nao quero que chores cada vez que eu parta, 
quero que sorrias cada vez que eu volte. 
E nao te preocupes cada vez que eu chore
porque me destes base forte.
Nao temas nada por mim,
porque o único que temo é perder te, ...a ti. 
Eres meu refugio, meu alento, 
meu inicio, meu sustento

Nenhum comentário:

Postar um comentário